Looks lindos do Outono, para celebrar a estação das paisagens estonteantes… Ninguém esquece um por do Sol de outono, com aquele seu alaranjado, quase vermelho, uma verdadeira pintura de Deus. Eu amo a estação das cores mais neutras, do vento batendo, nas folhas que caem, e se renovam. Na Moda, o outono é transição, daquele intenso verão, colorido, cheio de roteiros praianos, de looks mais descontraídos. É no Outono que vem a calmaria dos tons pastéis, a sobriedade interessante dos tons terrosos, a volta das botinhas, do couro, do cachecol… E mesmo vivendo em Cuiabrasa, que é sempre quente, vemos a paisagem mudar de cor, aproveitamos a estação com toda a pompa e circunstância.

Eu tive o privilégio de fotografar neste cenário magnífico da Pousada Bosque da Neblina, localizada no paraíso de Chapada dos Guimarães, que fica a 67 Km de Cuiabá. Nessas horas eu vejo o quanto a natureza me faz bem! Só de estar ali, mesmo que a trabalho, senti as energias renovadas. Consegui reunir looks incríveis da @lojaespacohaype e acessórios @lesoffistacessorios para inspirar vocês com produções apaixonantes.

Os tons mais suaves tomaram conta das produções, combinados com tecidos mais encorpados, botas, e acessórios refinados, dão o tom de elegância que o outono pede. Sou apaixonada por botas, acho que são capazes de enriquecer qualquer look, e sempre que vou viajar, lá vão minhas botinhas à tira colo.

Os vestidos curtos vão dos eventos noturnos, aos almoços de domingo, basta trocar os acessórios. Uma coisa que as meninas da Le Soffist sempre fazem, é dar uma consultoria completa na hora de escolher brinco, colares, anéis e pulseiras. Eu amooooo, porque elas inventam umas combinações, que sozinhas, nós não conseguimos.

Essa sacada do Bosque da Neblina, fica em frente ao salão de festas e refeições da pousada, e é simplesmente um sonho! Vocês viram que deslumbrante esse último vestido??? Morri de amores por todos os looks, mas esse, em especial, me cativou! Outro detalhe das fotos, repararam no “cabelon”??? Recoloquei minhas telas (4 telas para ser precisa), mesmo amando o curtinho, surgiu um cabelo loiro virgem, coisa mais difícil de achar, e o Rafa Batistela, meu cabeleireiro, mandou fazer as telas para mim. Daqui uns tempos eu tiro, depois coloco de novo. Telas bem colocadas não danificam nosso cabelo natural, por isso o critério na hora de escolher o profissional, deve ser super rigoroso.

É isso, meus amores, espero que tenham curtido o post, e como de praxe, peço o likezinho de vocês, no coração ao lado, e comentem, perguntem, especulem, acrescentem!

Fotos: @camilamzz

Bjo bjo bjo!