GANHAR MAIS, GASTAR MENOS E INVESTIR

10 de novembro de 2016

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

dica-de-leitura

O livro GANHAR MAIS, GASTAR MENOS, E INVESTIR, tem uma pretensão ousada: Falar de dinheiro, com mulheres. Se fossem sapatos, viagens, estudo… O que, se pararmos para pensar, está atrelado diretamente ao dinheiro. O problema é que não fomos criados para falar de dinheiro, muito menos as mulheres. Não é tema de bate-papo familiar, nem matéria escolar, muito menos algo que se converse nas rodinhas de amigas. A cultura do brasileiro, colônia de exploração, dos escândalos de desvios de verbas por políticos, acaba sedimentando o consenso de que lucro é do mal! Quem fala de dinheiro é superficial, calculista, e outras bobagens.

Nossa educação financeira precisa melhorar, e muuuuito! O que eu amei neste livro, foi a abordagem simples, prática e direta das autoras, Denise Damiani e Cynthia de Almeida. É muuuito fácil de entender, tem exemplos da vida real, tarefas pequenas e objetivos de curto, médio, e longo prazo para executarmos.

livro-ganhar-mais-gastar-menos

GANHAR MAIS! Quem não gostaria? Nesta etapa, fala-se muito de carreira, empreendedorismo, em como crescer profissionalmente, conquistar ganhos reais, planejar a carreira, aumentar o salário. Este capítulo deveria ser presente de formatura escolar, garanto que teríamos profissionais mais satisfeitos e bem sucedidos.

GASTAR MENOS! É um problema! Porque somos estimulados o tempo todo a ter. Com a informação cada vez mais acessível, a industria cada vez mais evoluída, as redes sociais, a cada dia, tomando mais conta da nossa vida. Como não gastar? Eu mesma, sou uma grande propagadora de produtos desejáveis. Mas que fique claro: Isso não é errado! Vender não é coisa de gente do mal. Um comerciante visar lucro, é a coisa mais sensata que pode acontecer, afinal, ele reverte esse lucro ao mercado, consumindo, girando a roda, gerando empregos, pagando impostos.

Errado é se endividar! Gastar além do que pode, colocar a corda no pescoço, se afundar em juros, dívidas com o cartão de crédito, cheque especial, boletos vencidos. Essa relação ruim com o dinheiro, acaba extinguindo a paz de uma pessoa. Neste capítulo, as autoras ensinam a fazer planilhas, estimar gastos, projetar o futuro. Gastar de forma consciente e inteligente, é uma delícia!

INVESTIR! Se não falamos de dinheiro, não somos orientados especificamente por nossos pais ou professores, como saberíamos investir? E mais, quem tem dinheiro suficiente para isso? Pois o livro ensina, de forma clara, objetiva, sobre como e em que investir.

É claro que em alguns momentos, percebemos que a saúde financeira de Denise, é mais do que excelente, e alguns objetivos acabam parecendo utopias. Mas o fato é que se você puder interpretar as tarefas, dentro da sua realidade. Aplicar os conceitos de ganhar mais e gastar menos na sua vida, você em longo prazo, chegará no patamar confortável de investir substancialmente.

Para terminar, a parte em que ela discorre sobre mesada, e educação financeira dos filhos, é incrível!

Motivos não faltam para comprar o livro, ler, reler, riscar com marca texto e deixar na cabeceira da cama. Daqui um tempo, podemos falar sobre como nossa vida financeira melhorou. Que tal?

Gostaram do post? Lembrem-se de deixar um like no coraçãozinho do lado direito inferior da sua tela, comentem, sem vocês, esse espaço não existe!

Eu comprei o meu livro na Livraria Janina aqui em Cuiabá, mas com certeza vocês encontram no Amazon e nas melhores livrarias do país. 

Bjo bjo bjo! 



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

EMPREENDA: CONHEÇA BEL PESCE E APAIXONE-SE!

5 de outubro de 2015

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Eu já tinha ouvido falar da Menina do Vale, superficialmente, sabia que ela tinha “se dado bem” no Vale do Silício, na Califórnia, lugar onde ficam as maiores empresas de tecnologia do mundo como: Apple, Microsoft, Google, e tantas outras. Já tinha segurado o livro A menina do Vale na mão, umas 4 vezes, mas acabei optando por outros, até que conheci a Bel Pesce. 
Assistimos uma palestra dela (eu e meu marido), e simplesmente nos apaixonamos! Juro, que nem fiquei com ciúme (taurina é doente de ciúme, gente!) mas é impossível não se apaixonar. 
Aos 17 anos a Bel descobriu o MIT uma Universidade disputadíssima nos Estados Unidos. Neste momento, ela estudava para o vestibular do ITA aqui no Brasil, que quem conhece, sabe que é um dos mais difíceis vestibulares do país. 
Bel é paulistana, de uma família à época, classe média baixa, que sempre foi extremamente curiosa, que amava desmontar as coisas, observar o mundo à sua volta, ler, e tinha sonhos de trabalhar com Tecnologia, Engenharia, Matemática, ou algo nesse sentido. 
Quando a Bel descobriu o MIT, o vestibular (que acontece em vários processos, nos Estados Unidos) já estava em andamento. Ela já tinha perdido alguns prazos e não tinha como pagar o curso/moradia, que custava cerca de U$80.000 (oitenta mil dólares) por ano. 
Mesmo assim, ela começou a pesquisar o processo, correu atrás dos pré-requisitos que estavam teoricamente perdidos, foi atrás de estágio, trabalho, “bicos”, e tudo o que pudesse ajudar a tornar seu sonho, uma realidade. 
Enfim, Bel entrou no MIT, viajou para os Estados Unidos, com metade da metade do dinheiro para pagar o primeiro semestre. Mesmo assim, ela acreditou em seu sonho, se matriculou em todas as matérias possíveis, foi atrás de trabalho, estágios remunerados e tudo o que pudesse lhe render o dinheiro para pagar o curso.
Bel conseguiu dentre outras coisas, trabalhar na Microsoft, pagar seu curso e se formar em: Matemática, Economia, Engenharia Elétrica, Ciência da Computação, Administração, e mais alguma coisa, que eu nem sei dizer… (Muuuito impressionante!)
Além de tudo isso, ela fez amizades incríveis, foi sócia em uma start up, e nesse meio tempo, escreveu o livro A MENINA DO VALE, que despretensiosamente, ela postou em seu site em português, que quase ninguém conhecia. 
Em 3 meses, o livro atingiu a marca de 1.000.000 de downloads! Sim, um milhão! E Bel percebeu que tinha alguma coisa, verdadeiramente boa ali. 
Hoje ela tem 27 anos, tantos projetos simultâneos, que a pergunta que me fiz, foi: “Será que ela dorme???” E tudo isso está a nossa inteira disposição, no site www.belpesce.com.br


Depois da palestra, que assisti na Feira do Empreendedor aqui em Cuiabá, descobri que palestras são parte da rotina de Bel Pesce, que está iniciando o 2º ano do TOUR DA BEL, em que visita todas as capitais brasileiras, com palestras (pasmem) gratuitas! 
Ela estará em Cuiabrasa no próximo dia 09/10 sexta-feira, e claro, eu estarei lá! Se você quiser ver a agenda do Tour da Bel, ou se inscrever, acesse (aqui). 
No site dela tem taaanta coisa interessante, a maior parte gratuita, que eu e a minha filha passamos um domingo inteiro, esmiuçando tudo! Hoje, eu instituí aqui em casa, os 15 minutinhos de Bel, em que lemos alguma coisa, acessamos os cursos online da sua escola virtual, a FAZ INOVA, assistimos palestras, lemos o blog, ou as pérolas do CADERNINHO DA BEL. 
O lema de vida da Bel Pesce, é que TODOS podem empreender! Todos podem desenvolver um talento, todos podem criar uma trajetória de sucesso, basta arregaçar as mangas, e correr atrás! Entrem no site, assistam as palestras, contagiem-se, apaixonem-se, inspirem-se!
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

DICA DE LEITURA: BRANDING

16 de junho de 2015

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

 

Estou em São Paulo, para fazer um curso de Branding, e aproveitei o tempo aqui ontem para conhecer o Eataly (tem post completão vindo aí), e depois fui andar na Livraria da Vila do JK Iguatemi, que fica na mesma avenida do Eataly. Eu passei 4 horas no shopping, 3 na Livraria e 1 vendo vitrine. Meu foco eram livros de Marketing Digital, Mídias Sociais e Branding… Encontrei alguns títulos interessantes, outros nem tanto. Saí com 4 livros, um deles: Branding – A Arte de Construir Marcas, do Marcos Hiller. Cheguei no hotel, comecei a ler, e só consegui parar na hora que terminei! Que livro show! Direto, com linguagem acessível, cheio de exemplos práticos, sem floreios. Nossa, aprendi muito! No livro ele fela de Microsoft, Apple, Nissan, Hyundai, Coca-Cola, Mc Donalds, Calvin Klein, entre outras. O livro é perfeito para qualquer empreendedor que queira construir uma marca forte. Seja você um profissional liberal, pequeno empresário, publicitário… Marcos sabe falar, com leigos e especialistas.

 

“Desconfiada de que sua empregada estava usando seus perfumes, Clotilde Perez, professora de Marketing da USP notou que apenas o Eternity, da Calvin Klein, seguia intacto. Intrigada, ela indagou a empregada, assegurando que ela poderia ser sincera, pois não perderia o emprego. Sem pensar duas vezes, a funcionária disse: “Ai não! Como eu poderia usar um perfume que tem nome de telha?” fazendo uma alusão às telhas Eternit. O que nos leva a pensar sobre a importância de planejar com cuidado a nossa comunicação. Quem é nosso público? Estamos utilizando a linguagem mais adequada? Como podemos atingir da maneira correta o nosso público-alvo?”

Não que a Calvin Klein tenha errado na escolha do nome do seu perfume mais vendido em todos os tempos, mas o que impressiona neste e em outros “cases” de o autor apresenta no livro, é a simplicidade e clareza dos exemplos, e o quanto podemos utilizar esses ensinamentos no cotidiano da nossa marca.
Espero que tenham gostado da Dica!
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

INSTAGRAM

@MAYSALEAO