DICA DE VIAGEM: TÁXI NO APLICATIVO

5 de maio de 2015

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email
“Moça, você tem o telefone de uma Rádio Táxi?” Se você é desse tempo, prepare-se, pois as pessoas não ligam mais para conversar, elas teclam (o que de certa forma me incomoda, um pouco), e também estão parando de ligar para o táxi, a comida delivery, compra de viagens, e outros serviços… (O que me agrada muuuito). Tudo está na palma da sua mão, nos aplicativos que baixamos nos nossos celulares. Eu imagino que existe uma infinidade, vou falar aqui de 3 que eu já usei: 99Táxis, Easy Táxi e Uber Táxi. 
Você baixa o aplicativo (gratuito, claro!), aceita compartilhar a sua localização e pronto, sempre que precisar, é só pedir, e o táxi mais próximo será enviado até você. O mais bacana é que você tem a placa do caro, nome do motorista, ampliando de certa forma a segurança.  Quando estou sozinha, sempre que pego o táxi, dou print nas identificações e envio por whatsapp para o meu marido, ficando assim mais seguro ainda.
Tanto a Easy, quanto a 99Táxis são brasileiras, mas a Easy já atua em diversos países do mundo. Já a Uber é internacional e tem outro diferencial, os carros não são táxis comuns, são carros “de luxo”, e pasmem, as tarifas geralmente são melhores que a dos táxis comum.
Gostaram da dica? Já são adeptos dos aplicativos?
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

LONDRES EM UM DIA!!!

9 de maio de 2013

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email
London, london… Desde os tempos de Paulo Ricardo cantando Caetano Veloso que eu me encanto! Mas confesso que demorei demais para levar a missão de conhece-la a sério!!! “Londres em um dia! Não dá! Simplesmente esquece, é impossível” É o que dizem os amantes da capital do Reino Unido. Mas nós tivemos a ousadia de tentar e considero que: “We have succeeded”, leia-se: tivemos sucesso!!! Ficou aquele gostinho de quero muuuito mais! Mas hoje eu posso dizer que conheci uma Sunny London, raridade na capital chuvosa e fria. Eu me apaixonei pela loucura do trânsito do lado ao contrário, quase fui atropelada uma dúzia de vezes, a sorte que eles escrevem no chão: “Olhe para o lado esquerdo ou olhe para o lado direito”. Avisando aos zilhões de turistas, que por ali a coisa é diferente! Os ônibus são vermelhos como as cabines de telefone, tem 2 andares, e circulam frenéticos para lá e para cá. Metrô não é Subway e sim Underground, saída não é Exit e sim Way out, aliás eles têm uma “way” especial para tudo! Chegamos pelo famoso TGV, o trem bala que passa em um túnel no fundo do canal da mancha… Ah! Que paisagem espetacular logo que saímos do escuro completo da travessia… A estação, Saint Pancras é imponente, enorme, e bela… como tudo por lá!

 

Queríamos conhecer o Big Ben, a London Eye, o Rio Tâmisa, o Palácio de Buckingham, o Green Park, a Piccadilly Circus, a Oxford Street, os pubs, as casas de chá, o “fish and chips”, prato tradicional da cidade, a rainha… Ah, e por que não, a rainha??? Na terra dela, o sonho da Dudinha era conhece-la, mesmo que fosse de longe! A todo momento ela me perguntava: “Será que ela vai sair na janela???”… Pegamos um ônibus do tipo “HOP ON HOP OFF”, daqueles que você paga o dia, sobe e desce nos pontos principais da cidade, quantas vezes quiser. Tinha duas empresas grandes, a “The Original Tour” e a “The Big Bus Tour”, escolhemos a segunda porque dava para comprar no TGV com desconto. O valor gira em torno de 36 libras e vale cada centavo quando não se tem tempo a perder… Ainda dá direito a passear de barco no Tâmisa, nada chique, mas aquelas barcas grandonas com um guia narrando o trajeto. Nós adoramos!
O passeio na London Eye, como diria a Duda, na MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, dura cerca de 35 minutos, custou 20 Libras e foi incrível, indescritível! Acho que a foto acima mostra bem o que se vê, que leia-se: praticamente a cidade inteira, 360º! Lindo! Lindo! Lindo! Quando chegamos ao Buckingham Palace, a Duda estava triste porque a rainha não saiu na janela para dizer “oi”… Eis que ela jogou uma moeda na fonte em frente ao palácio, pedindo à Deus para que Queen Elizabeth desse o ar da graça… Quase que no mesmo segundo, a THE MALL, principal avenida em frente ao palácio foi interditada, várias sirenes anunciavam algo diferente e assim que nos posicionamos, a rainha passou! Foi mágico! Coisa de filme da Disney!!!
Depois de tanta alegria, de andar o dia todo, de ficar boquiabertos com a riqueza, com a arquitetura, com a pompa e circunstância da capital da Inglaterra, seguimos nossa caminhada final pelo GREEN PARK, naquele dia lindo, vimos os Londrinos tomando Sol na grama, festejando a visita de um raro dia de verão! As 18:00 em ponto, como há de ser, as ruas lotaram, os pubs ficaram repletos de pessoas em pé, com suas canecas de cerveja na mão e muito blá, blá, blá! Carros, zilhões de bicicletas, gente correndo, atravessando a rua, zig e zag, vai e vem, tudo do lado ao contrário… Tanta beleza, tanto movimento… Londres me conquistou, parecia um trailler, até podíamos ouvir uma música, que dava vontade de celebrar aquele UM DIA EM LONDRES!
Hora de ir embora, missão cumprida! Muitos lugares visitados, uma imensa vontade de voltar com tempo para apreciar um chá. Foi um dia sensacional, daqueles que guardamos no coração. E eu tenho certeza que voltarei, com mais tempo para conhecer os lugares que ficaram de fora da nossa lista e para reviver com calma cada cantinho da Lovely London!
 
LOOK DA DUDA: Trench Coat TOMMY HILFIGER, Jeans + Pullover + galocha CLUBINHO FASHION.
MEU LOOK: Blazer H&M, Camisa ESPAÇO HYPE, Cachecol (presente da minha amiga Mel), Jeans (de 6 anos atrás, ESPAÇO FASHION) Bota ALMA CARIOCA, Relógio DKNY, óculos RALPH LAUREN by MARIA FASHIONISTA.

Bjo bjo bjo!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

LONDRES EM UM DIA!!!

9 de maio de 2013

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email
London, london… Desde os tempos de Paulo Ricardo cantando Caetano Veloso que eu me encanto! Mas confesso que demorei demais para levar a missão de conhece-la a sério!!! “Londres em um dia! Não dá! Simplesmente esquece, é impossível” É o que dizem os amantes da capital do Reino Unido. Mas nós tivemos a ousadia de tentar e considero que: “We have succeeded”, leia-se: tivemos sucesso!!! Ficou aquele gostinho de quero muuuito mais! Mas hoje eu posso dizer que conheci uma Sunny London, raridade na capital chuvosa e fria. Eu me apaixonei pela loucura do trânsito do lado ao contrário, quase fui atropelada uma dúzia de vezes, a sorte que eles escrevem no chão: “Olhe para o lado esquerdo ou olhe para o lado direito”. Avisando aos zilhões de turistas, que por ali a coisa é diferente! Os ônibus são vermelhos como as cabines de telefone, tem 2 andares, e circulam frenéticos para lá e para cá. Metrô não é Subway e sim Underground, saída não é Exit e sim Way out, aliás eles têm uma “way” especial para tudo! Chegamos pelo famoso TGV, o trem bala que passa em um túnel no fundo do canal da mancha… Ah! Que paisagem espetacular logo que saímos do escuro completo da travessia… A estação, Saint Pancras é imponente, enorme, e bela… como tudo por lá!

Queríamos conhecer o Big Ben, a London Eye, o Rio Tâmisa, o Palácio de Buckingham, o Green Park, a Piccadilly Circus, a Oxford Street, os pubs, as casas de chá, o “fish and chips”, prato tradicional da cidade, a rainha… Ah, e por que não, a rainha??? Na terra dela, o sonho da Dudinha era conhece-la, mesmo que fosse de longe! A todo momento ela me perguntava: “Será que ela vai sair na janela???”… Pegamos um ônibus do tipo “HOP ON HOP OFF”, daqueles que você paga o dia, sobe e desce nos pontos principais da cidade, quantas vezes quiser. Tinha duas empresas grandes, a “The Original Tour” e a “The Big Bus Tour”, escolhemos a segunda porque dava para comprar no TGV com desconto. O valor gira em torno de 36 libras e vale cada centavo quando não se tem tempo a perder… Ainda dá direito a passear de barco no Tâmisa, nada chique, mas aquelas barcas grandonas com um guia narrando o trajeto. Nós adoramos!
O passeio na London Eye, como diria a Duda, na MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, dura cerca de 35 minutos, custou 20 Libras e foi incrível, indescritível! Acho que a foto acima mostra bem o que se vê, que leia-se: praticamente a cidade inteira, 360º! Lindo! Lindo! Lindo! Quando chegamos ao Buckingham Palace, a Duda estava triste porque a rainha não saiu na janela para dizer “oi”… Eis que ela jogou uma moeda na fonte em frente ao palácio, pedindo à Deus para que Queen Elizabeth desse o ar da graça… Quase que no mesmo segundo, a THE MALL, principal avenida em frente ao palácio foi interditada, várias sirenes anunciavam algo diferente e assim que nos posicionamos, a rainha passou! Foi mágico! Coisa de filme da Disney!!! 
Depois de tanta alegria, de andar o dia todo, de ficar boquiabertos com a riqueza, com a arquitetura, com a pompa e circunstância da capital da Inglaterra, seguimos nossa caminhada final pelo GREEN PARK, naquele dia lindo, vimos os Londrinos tomando Sol na grama, festejando a visita de um raro dia de verão! As 18:00 em ponto, como há de ser, as ruas lotaram, os pubs ficaram repletos de pessoas em pé, com suas canecas de cerveja na mão e muito blá, blá, blá! Carros, zilhões de bicicletas, gente correndo, atravessando a rua, zig e zag, vai e vem, tudo do lado ao contrário… Tanta beleza, tanto movimento… Londres me conquistou, parecia um trailler, até podíamos ouvir uma música, que dava vontade de celebrar aquele UM DIA EM LONDRES!
Hora de ir embora, missão cumprida! Muitos lugares visitados, uma imensa vontade de voltar com tempo para apreciar um chá. Foi um dia sensacional, daqueles que guardamos no coração. E eu tenho certeza que voltarei, com mais tempo para conhecer os lugares que ficaram de fora da nossa lista e para reviver com calma cada cantinho da Lovely London!

LOOK DA DUDA: Trench Coat TOMMY HILFIGER, Jeans + Pullover + galocha CLUBINHO FASHION.
MEU LOOK: Blazer H&M, Camisa ESPAÇO HYPE, Cachecol (presente da minha amiga Mel), Jeans (de 6 anos atrás, ESPAÇO FASHION) Bota ALMA CARIOCA, Relógio DKNY, óculos RALPH LAUREN by MARIA FASHIONISTA.

Bjo bjo bjo!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

INSTAGRAM

@MAYSALEAO