PARA EVOLUIR NA VIDA

19 de abril de 2017

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Para evoluir na vida, boas doses de café e fé! Mas além disso, o que podemos fazer de forma pontual para crescermos como pessoas? A jornada não é fácil, e as vezes bate um desânimo, uma impressão de que estamos nadando contra a maré, de que morreremos na praia… Nessas horas um café quentinho, e uma oração me confortam, porém, já cheguei à conclusão que não dá para ficar parada, esperando o céu mover montanhas.

Eis que outro dia recebi um vídeo de uma amiga querida (vídeo do Tiago Nunes da escola de idiomas Topway), algo que me tocou o coração, e que me despertou para novas técnicas que auxiliem a tal evolução de vida, que teoricamente tanto almejamos.

As estratégias que resultaram de um estudo sobre o poder do cérebro no desempenho de atletas de alta performance, transportadas para o universo de “pessoas comuns”, e que podem ajudar a todos, no que concerne o desenvolvimento humano, são:

  1. ANOTE NO PAPEL: Escrever seus objetivos, de forma específica, aumenta em quase 40% as suas chances de alcança-los! Mas lembre-se de ser específico, de detalhar: Quero perder “x” kgs em “x” tempo, ganhar “x” dinheiro nos próximos 6 meses, conquistar “tal” emprego dentro de “x” meses, ler “x” livros nos próximos 2 meses, fazer tal faculdade, viajar para “tal” lugar até o fim do ano, e por aí vai. Lembre-se de escrever em um lugar que você tenha a oportunidade de reler todos os dias;
  2. APRENDA A LIDAR COM A FRUSTRAÇÃO: Todo mundo vai se frustar quando começar a tentar atingir um objetivo, e isso é perfeitamente normal. Antes do sucesso, existem muitos fracassos no meio do caminho, e o nosso grande desafio é aprender a lidar com a frustração, seja através de terapia, de autoanálise, de conversas com pessoas que passaram por situações parecidas, ou de meditação… (minha dica: assista o filme Walt antes do Mickey, é excelente para entendermos que no caminho do sucesso, existem sucessivos fracassos, e que o vencedor só chega lá, quando aprende com suas perdas, durante a trajetória);
  3. MEDITE: Todas as pessoas devem aprender a meditar (“mindfullness”), sempre focando, visualizando coisas positivas. Mesmo que você seja muito agitado, existe treinamento para isso, e TODOS, podemos aprender a meditar, nem que sejam 5 minutinhos ou 10 minutinhos por dia. A longo prazo, os benefícios da meditação são imensuráveis!
  4. SOCIALIZE: Estamos na era da socialização, todo mundo aparentemente socializa, mas a verdade é que devemos conseguir migrar da socialização digital para a socialização real. Se relacionar com pessoas que tiveram bons resultados, nos diferentes âmbitos da vida, impulsiona a nossa capacidade criativa, nos incentiva, nos proporciona um intercâmbio de idéias, extremamente importante. Especialmente porque nos ajuda a fugir das pessoas negativas, que sempre estão pontuando as impossibilidades, e nos aproxima de quem efetivamente teve bons resultados na vida, incentivando o nosso crescimento (o velho ditado: “Me diga com quem andas, e te direi quem és” tem sua dose de sabedoria);
  5. SE EXERCITE: É imperativo que pessoas bem sucedidas se exercitam! Portanto separe no mínimo 3 dias da semana para se exercitar, no mínimo 30 minutos a cada dia. Não tem desculpa, que explique uma pessoa não ter 90 minutos em uma semana inteira, para priorizar sua saúde. Com foco, disciplina, e persistência, ao longo dos tempos, os benefícios de atividades físicas regulares, para corpo e mente, são sensacionais;
  6. INSISTA: Quanto mais tempo você permanecer focado, insistir e persistir, melhores resultados você irá alcançar;
  7. INGIRA ALIMENTOS DE QUALIDADE: Não se trata de contar calorias, e sim de consumir alimentos saudáveis a maior parte do tempo! Mesmo que você coma “besteiras”, se você focar em consumir 80% de alimentos saudáveis no cotidiano, os 20% de alimentos ruins que você consumir, não serão capazes de destruir a sua “dieta”.
  8. VISUALIZE: Nas suas meditações, visualize seus objetivos! Se você sonha em perder peso, visualize-se magro, se você vai fazer uma prova, visualize-se acertando as perguntas, se você quer fazer uma viagem, visualize-se no seu destino, se for palestrar, feche os olhos, e visualize-se falando, respondendo as perguntas do público, sendo bem sucedido. Não é algo fácil de fazer, pois nossa mente tende a se dispersar, mas se insistimos em fazer isso, ampliamos a capacidade do nosso cérebro, em nos ajudar a alcançarmos nossos objetivos.
  9. COMPARTILHE CONHECIMENTO:  Quando compartilhamos o que aprendemos, geramos em nosso entorno uma rede de interesse, voltada para o alcance dos nossos objetivos. Ampliamos nosso aprendizado, atraímos pessoas com interesses comuns aos nossos, aprendemos mais ainda, e abrimos possibilidades, que calados, jamais conseguiríamos.
  10. PUBLIQUE: Como blogger, e coach digital, eu preciso dizer o quanto é importante comunicar ao mundo nossos conhecimentos. Compartilhar com as pessoas que nos cercam, é maravilhoso, mas ampliar essa comunicação, ao mundo sem barreiras geográficas da internet, é o mesmo que construir um currículo perpétuo, que multiplica nossas possibilidades, e expões as nossas qualidades, a um universo que nem somos capazes de quantificar. Por isso, mais do que nunca, vale lembrar: “Você é, o que você publica!” Para o bem ou para o mal, nosso comportamento digital, é capaz de influenciar o curso de nossas vidas.

O décimo conselho não está no vídeo, e algumas percepções particulares, eu acrescentei… Coisas de taurina que dá “pitaco” em tudo. Estou tentando colocar em prática tudo o que ouvi neste depoimento, e sim, com certeza, já sinto o impacto positivo desses conselhos. Além de tudo isso, acredito muito no exercício da espiritualidade, sendo mais clara, na FÉ EM DEUS! Porque meditar, visualizar, correr atrás, tem uma relação muito próxima com orar, confiar, acreditar, fazer por merecer, e ser abençoado pelos desígnios de DEUS! Não viro as costas para a ciência, jamais. Acredito muito nesses estudos científicos, e nas descobertas que partem deles, porém ainda tenho uma forcinha propulsora a mais, para os dias difíceis: A benção do DEUS do impossível, que permite a realização de todos os sonhos pelos quais realmente lutamos. Espero ter contagiado vocês a insistirem, a construírem cada degrau da escada da vida, a não desanimarem, e subirem sempre, até alcançarem seu topo particular.

Gostaria de ler outros pensamentos e conselhos? Acesse (aqui). Lembre de deixar o like no coração do lado direito do post, e comenteeeeee, afinal a sua opinião faz toda a diferença!

Bjo bjo bjo e fiquem com DEUS!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

EMPREENDA: A HISTÓRIA SOBRE COMO COMECEI!

28 de setembro de 2015

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email
Passada a Semana do Empreendedor do Sebrae aqui em Cuiabrasa, eu não poderia deixar essa segunda-feira passar sem resoluções, sem reflexões, sem impulsionar a mim e a vocês, a começarmos um novo projeto, darmos continuidade a projetos antigos, e termos em nossas mãos o domínio de nossos próprios destinos!
Eu palestrei no Painel, O PODER DAS REDES SOCIAIS, que para mim, foi de grande importância, pois pude refletir sobre o real significado que a internet, o blog e as Redes Sociais tiveram na minha vida, nos últimos 6 anos.
Eu comecei a blogar, há 6 anos atrás, quando este universo de Internet, era muito diferente de hoje. Sem saber, eu já estava ensaiando o trabalho com Redes Sociais desde o tempo do Orkut, pois naquela época, de 2004 à 2009, eu já divulgava meu trabalho como proprietária de uma loja de Varejo de Moda.
Através do Orkut, eu me conectava com as minhas clientes, com as mulheres da minha cidade, e potenciais clientes. Além de ensaiar meus primeiros #PensamentosdaMaysa muito antes das hashtags nascerem…
O blog surgiu por acaso, depois que conheci o Blog da Mariah, através de uma reportagem na revista Vogue. Naquele dia, me sentei ao computador, e li o blog inteiro, daquela menina de Araçatuba, que falava sobre Moda, Viagens, e Estilo de Vida…
Resolvi que queria fazer aquilo, não tinha idéia por onde começar… Fui lendo os blogs que ela indicava em seu Blogroll, fui vendo formas diferentes de expressar experiências, e me apaixonei intensamente por este universo.
Entrei no Youtube, e comecei a assistir todos os tutoriais sobre “Como criar um blog”, muitos falavam de códigos de programação, de plataformas, de coisas que eu nunca tinha ouvido falar. Perdi, ou melhor, ganhei madrugadas aprendendo.
Criei o Mala com Rodinha no antigo Blogspot, hoje Blogger, do Google. Layout e “programação” gratuitos, feitos por mim. Tudo isso porque descobri que cobravam cerca de R$10.000 para este projeto acontecer, tudo isso entre criar a logomarca, o design, e a programação. Não que eu pense que não valha o investimento, mas o fato, é que eu não tinha esse dinheiro naquela época, e queria por tudo, colocar meu blog no ar!
Então investi tempo e muita vontade! Coloquei o blog no ar, em um mundo em que nasciam 1200 blogs por dia, em que 10 milhões de pessoas se interessavam por blogs no Brasil, em que 70 milhões de blogs habitavam a blogosfera mundial, em que 90% das pessoas do meu universo, nem sabiam o que era um blog.
Rapidamente o Facebook ganhou a paixão dos brasileiros, descobri que haviam outros bloggers em Cuiabrasa, e que muitos deles eram super bacanas, como o Cinderela de Papel, feito por uma menina de 16 anos (à época) a Marina Pontes, que escrevia maravilhas, e que infelizmente veio a falecer de meningite, aos 18 aninhos… Sinto saudades das palavras daquela anja!
Enfim, o Mala com Rodinha foi crescendo, ganhando a comunidade, ajudando muita gente a se apaixonar por Moda, por viagens, pela vida…
Um ano depois, eu bati a marca de 1000 acessos por dia, resolvi contar para a minha família que eu queria ser Blogueira de profissão. Logo depois, vendi a minha loja, que tinha 8 anos de vida, para me dedicar exclusivamente ao blog.
Estudei “Direito” para aprender a fazer o contrato de parceria com as empresas que começaram a me procurar. Desenvolvi um plano de negócios para o blog, porque eu precisava ter um “salário”, que suprisse os meus ganhos da época de empresária.
Hoje, 6 anos depois, tenho parceiros que estão comigo há quase 5 anos, que fomentam meu trabalho, e que tiveram suas empresas impactadas positivamente por minha divulgação. Tenho leitoras amigas, que se desenvolveram também com a ajuda do Mala com Rodinha. 
No dia que o Blog atingiu a marca de 100.000 acessos por mês, em maio de 2013, eu senti que aqueles 3 anos de dedicação tinham valido muito a pena! E hoje, depois de tudo o que aprendi, e vivi, tenho certeza que minha coragem e empenho, foram muito mais decisórias, que qualquer talento.
O que eu quero dizer com tudo isso aqui?
Não existe pessoa sem talento! Existem pessoas sem vontade o suficiente para descobri-los e desenvolve-los! É muito mais fácil sentar no sofá, e reclamar do azar. Difícil é arregaçar as mangas, abrir mão dos tempos de lazer para estudar, para assistir palestras, fazer cursos, ler, ler, ler…
Mas para quem não tem preguiça de correr atrás, existe um caminho chamado EMPREENDEDORISMO! Todo mundo pode empreender, todo mundo por vencer, e que fique claro que neste caminho, conta muito mais a transpiração que a inspiração.
Portanto, se você está pensando em começar: Um blog, um negócio, uma carreira, uma vida nova… Saiba que hoje é muito mais fácil que ontem! As informações estão à distância de um click. Tem muito curso online, e-book, e blogs com verdadeiras lições disponíveis, muuuitas vezes gratuitas. E você tem grandes chances de dar certo, se tiver vontade, fizer com paixão, aprender com seus erros, e nunca desistir de chegar lá! 
Vamos lá? “Dominar” o mundo, começando nesta segundona de resoluções?!?
Para ler os outros PENSAMENTOS DA MAYSA, acesse (aqui).
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

DICA DE LEITURA: BRANDING

16 de junho de 2015

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

 

Estou em São Paulo, para fazer um curso de Branding, e aproveitei o tempo aqui ontem para conhecer o Eataly (tem post completão vindo aí), e depois fui andar na Livraria da Vila do JK Iguatemi, que fica na mesma avenida do Eataly. Eu passei 4 horas no shopping, 3 na Livraria e 1 vendo vitrine. Meu foco eram livros de Marketing Digital, Mídias Sociais e Branding… Encontrei alguns títulos interessantes, outros nem tanto. Saí com 4 livros, um deles: Branding – A Arte de Construir Marcas, do Marcos Hiller. Cheguei no hotel, comecei a ler, e só consegui parar na hora que terminei! Que livro show! Direto, com linguagem acessível, cheio de exemplos práticos, sem floreios. Nossa, aprendi muito! No livro ele fela de Microsoft, Apple, Nissan, Hyundai, Coca-Cola, Mc Donalds, Calvin Klein, entre outras. O livro é perfeito para qualquer empreendedor que queira construir uma marca forte. Seja você um profissional liberal, pequeno empresário, publicitário… Marcos sabe falar, com leigos e especialistas.

 

“Desconfiada de que sua empregada estava usando seus perfumes, Clotilde Perez, professora de Marketing da USP notou que apenas o Eternity, da Calvin Klein, seguia intacto. Intrigada, ela indagou a empregada, assegurando que ela poderia ser sincera, pois não perderia o emprego. Sem pensar duas vezes, a funcionária disse: “Ai não! Como eu poderia usar um perfume que tem nome de telha?” fazendo uma alusão às telhas Eternit. O que nos leva a pensar sobre a importância de planejar com cuidado a nossa comunicação. Quem é nosso público? Estamos utilizando a linguagem mais adequada? Como podemos atingir da maneira correta o nosso público-alvo?”

Não que a Calvin Klein tenha errado na escolha do nome do seu perfume mais vendido em todos os tempos, mas o que impressiona neste e em outros “cases” de o autor apresenta no livro, é a simplicidade e clareza dos exemplos, e o quanto podemos utilizar esses ensinamentos no cotidiano da nossa marca.
Espero que tenham gostado da Dica!
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

INSTAGRAM

@MAYSALEAO