PARA EVOLUIR NA VIDA

19 de abril de 2017

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Para evoluir na vida, boas doses de café e fé! Mas além disso, o que podemos fazer de forma pontual para crescermos como pessoas? A jornada não é fácil, e as vezes bate um desânimo, uma impressão de que estamos nadando contra a maré, de que morreremos na praia… Nessas horas um café quentinho, e uma oração me confortam, porém, já cheguei à conclusão que não dá para ficar parada, esperando o céu mover montanhas.

Eis que outro dia recebi um vídeo de uma amiga querida (vídeo do Tiago Nunes da escola de idiomas Topway), algo que me tocou o coração, e que me despertou para novas técnicas que auxiliem a tal evolução de vida, que teoricamente tanto almejamos.

As estratégias que resultaram de um estudo sobre o poder do cérebro no desempenho de atletas de alta performance, transportadas para o universo de “pessoas comuns”, e que podem ajudar a todos, no que concerne o desenvolvimento humano, são:

  1. ANOTE NO PAPEL: Escrever seus objetivos, de forma específica, aumenta em quase 40% as suas chances de alcança-los! Mas lembre-se de ser específico, de detalhar: Quero perder “x” kgs em “x” tempo, ganhar “x” dinheiro nos próximos 6 meses, conquistar “tal” emprego dentro de “x” meses, ler “x” livros nos próximos 2 meses, fazer tal faculdade, viajar para “tal” lugar até o fim do ano, e por aí vai. Lembre-se de escrever em um lugar que você tenha a oportunidade de reler todos os dias;
  2. APRENDA A LIDAR COM A FRUSTRAÇÃO: Todo mundo vai se frustar quando começar a tentar atingir um objetivo, e isso é perfeitamente normal. Antes do sucesso, existem muitos fracassos no meio do caminho, e o nosso grande desafio é aprender a lidar com a frustração, seja através de terapia, de autoanálise, de conversas com pessoas que passaram por situações parecidas, ou de meditação… (minha dica: assista o filme Walt antes do Mickey, é excelente para entendermos que no caminho do sucesso, existem sucessivos fracassos, e que o vencedor só chega lá, quando aprende com suas perdas, durante a trajetória);
  3. MEDITE: Todas as pessoas devem aprender a meditar (“mindfullness”), sempre focando, visualizando coisas positivas. Mesmo que você seja muito agitado, existe treinamento para isso, e TODOS, podemos aprender a meditar, nem que sejam 5 minutinhos ou 10 minutinhos por dia. A longo prazo, os benefícios da meditação são imensuráveis!
  4. SOCIALIZE: Estamos na era da socialização, todo mundo aparentemente socializa, mas a verdade é que devemos conseguir migrar da socialização digital para a socialização real. Se relacionar com pessoas que tiveram bons resultados, nos diferentes âmbitos da vida, impulsiona a nossa capacidade criativa, nos incentiva, nos proporciona um intercâmbio de idéias, extremamente importante. Especialmente porque nos ajuda a fugir das pessoas negativas, que sempre estão pontuando as impossibilidades, e nos aproxima de quem efetivamente teve bons resultados na vida, incentivando o nosso crescimento (o velho ditado: “Me diga com quem andas, e te direi quem és” tem sua dose de sabedoria);
  5. SE EXERCITE: É imperativo que pessoas bem sucedidas se exercitam! Portanto separe no mínimo 3 dias da semana para se exercitar, no mínimo 30 minutos a cada dia. Não tem desculpa, que explique uma pessoa não ter 90 minutos em uma semana inteira, para priorizar sua saúde. Com foco, disciplina, e persistência, ao longo dos tempos, os benefícios de atividades físicas regulares, para corpo e mente, são sensacionais;
  6. INSISTA: Quanto mais tempo você permanecer focado, insistir e persistir, melhores resultados você irá alcançar;
  7. INGIRA ALIMENTOS DE QUALIDADE: Não se trata de contar calorias, e sim de consumir alimentos saudáveis a maior parte do tempo! Mesmo que você coma “besteiras”, se você focar em consumir 80% de alimentos saudáveis no cotidiano, os 20% de alimentos ruins que você consumir, não serão capazes de destruir a sua “dieta”.
  8. VISUALIZE: Nas suas meditações, visualize seus objetivos! Se você sonha em perder peso, visualize-se magro, se você vai fazer uma prova, visualize-se acertando as perguntas, se você quer fazer uma viagem, visualize-se no seu destino, se for palestrar, feche os olhos, e visualize-se falando, respondendo as perguntas do público, sendo bem sucedido. Não é algo fácil de fazer, pois nossa mente tende a se dispersar, mas se insistimos em fazer isso, ampliamos a capacidade do nosso cérebro, em nos ajudar a alcançarmos nossos objetivos.
  9. COMPARTILHE CONHECIMENTO:  Quando compartilhamos o que aprendemos, geramos em nosso entorno uma rede de interesse, voltada para o alcance dos nossos objetivos. Ampliamos nosso aprendizado, atraímos pessoas com interesses comuns aos nossos, aprendemos mais ainda, e abrimos possibilidades, que calados, jamais conseguiríamos.
  10. PUBLIQUE: Como blogger, e coach digital, eu preciso dizer o quanto é importante comunicar ao mundo nossos conhecimentos. Compartilhar com as pessoas que nos cercam, é maravilhoso, mas ampliar essa comunicação, ao mundo sem barreiras geográficas da internet, é o mesmo que construir um currículo perpétuo, que multiplica nossas possibilidades, e expões as nossas qualidades, a um universo que nem somos capazes de quantificar. Por isso, mais do que nunca, vale lembrar: “Você é, o que você publica!” Para o bem ou para o mal, nosso comportamento digital, é capaz de influenciar o curso de nossas vidas.

O décimo conselho não está no vídeo, e algumas percepções particulares, eu acrescentei… Coisas de taurina que dá “pitaco” em tudo. Estou tentando colocar em prática tudo o que ouvi neste depoimento, e sim, com certeza, já sinto o impacto positivo desses conselhos. Além de tudo isso, acredito muito no exercício da espiritualidade, sendo mais clara, na FÉ EM DEUS! Porque meditar, visualizar, correr atrás, tem uma relação muito próxima com orar, confiar, acreditar, fazer por merecer, e ser abençoado pelos desígnios de DEUS! Não viro as costas para a ciência, jamais. Acredito muito nesses estudos científicos, e nas descobertas que partem deles, porém ainda tenho uma forcinha propulsora a mais, para os dias difíceis: A benção do DEUS do impossível, que permite a realização de todos os sonhos pelos quais realmente lutamos. Espero ter contagiado vocês a insistirem, a construírem cada degrau da escada da vida, a não desanimarem, e subirem sempre, até alcançarem seu topo particular.

Gostaria de ler outros pensamentos e conselhos? Acesse (aqui). Lembre de deixar o like no coração do lado direito do post, e comenteeeeee, afinal a sua opinião faz toda a diferença!

Bjo bjo bjo e fiquem com DEUS!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

NEM TUDO É TÃO FÁCIL QUANTO PARECE!

24 de janeiro de 2017

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

A cada dia que passa, mais eu percebo que nem tudo é tão fácil quanto parece ser! A grama do vizinho mais verde, o passaporte mais carimbado, o salário maior, e ainda por cima, divulgado em vídeo, foto, áudio… com riqueza de detalhes! Ninguém tem tempo, ninguém senta na calçada para papear, ninguém faz café com pão de queijo para saborear na varanda, convidando vizinhos passantes a se juntar.

E quando a vida propicia “momentos de verdade”, vem a surpresa de que aquela super pessoa, que de longe a gente acha que é perfeita, está sofrendo! Geralmente sofrendo calada, ou apenas a poucos amigos… Por que será? Porque é tão difícil compartilhar as emoções nuas, sem os adornos sociais, responsáveis por nossas abundantes graminhas verdes?!

Talvez seja porque ninguém quer de fato saber! Ou porque nossas angústias se pareçam rasas, e sem razão de ser… Tudo isso junto, né?! Os mais velhos provavelmente bradarão: “Pegue uma enxada e vai carpir um quintal que passa!” Os mais jovens dirão que “a vida é curta, e a gente tem mais é que ser feliz!” Nosso consciente terá vergonha de tamanha dor… Afinal, estamos vivos, e temos obrigação de ser gratos pelo dom da vida.

A questão é que nada disso é suficiente para tirar a dor, a angústia, e o vazio, que as vezes resolvem bater a nossa porta. Aliás, arrombar! E ninguém gosta de falar sobre depressão ou crise de ansiedade, como alguns psiquiatras têm diagnosticado, mas a verdade é que todo mundo tem alguém muito próximo que já passou por isso, ou vivenciou esse martírio.

Eu tive dois episódios na vida! Simmmm, eu!!! Justo eu que sempre fui muito bem resolvida, segura, feliz, entusiasmada com a vida, sonhadora, otimista, e tudo de positivo que se pode pensar. No primeiro episódio de depressão, eu estava casada a pouco mais de 2 anos, com um filha pequena, muitas contas para pagar, e uma sobrecarga de responsabilidades que eu não estava acostumada.

Sendo bem transparente e direta, tinha vontade de morrer… É chocante de ouvir, mas a moleza, que virou tristeza, se transformou em angústia, até que um dia tomou proporções sufocantes. Foi difícil admitir, pior ainda criar coragem de pedir ajuda… Eu me esquivava das pessoas, só queria dormir, e de preferência, não acordar mais.

Pesado isso, mas real! Consegui pedir socorro aos meus pais, que são médicos, e portanto receosos quanto ao uso de medicamentos tarja preta. Indo a uma excelente psiquiatra, comecei a tomar medicação, a qual tomei durante um ano.

Que alívio! Embora eu tivesse medo de nunca mais poder parar de tomar o remédio. Questionar minha gratidão à Deus, por ser saudável, ter uma família linda, e milhões de motivos para ser plenamente feliz.

Mas o fato é que depressão é uma doença causada por princípios químicos, que sequestram nossa capacidade de discernir de fato o que realmente importa. Muitas vezes ela é desencadeada por traumas, ou grandes mudanças que acontecem em nossas vidas.

O mais complicado é aceitar, conversar com nosso círculo afetivo, procurar um médico e se tratar.

Depois de um tratamento feito com zelo e empenho, acompanhado de terapia, e de uma vontade gigante de virar o jogo, o pesadelo parece apenas um pequeno problema, que com o tempo ficará esquecido lá atras.

Meu episódio passou!!! Hoje olhando para trás, percebo que eu mesma, muitas vezes me boicotei. Demorei a admitir, a procurar ajuda, a comunicar às pessoas que amo, e cuidar de mim, como de fato mereço.

Hoje eu sei que não tem nada a ver com fraqueza, falta de fé ou ingratidão. Realmente fiz do limão uma limonada. Descobri que precisava de qualidade de vida, deixar de ser sedentária, me alimentar de forma saudável, me aproximar mais de Deus, ler, fazer caridade, ouvir o outro, doar meu tempo…

Tantas coisas pequenas, que juntas são capazes de revolucionar a nossa existência!

Lembrando que no momento em que a doença se instala, nada disso faz o menor sentido, e um médico é ferramenta essencial para o pontapé inicial rumo à cura.

A lição que fica é de que devemos nos ouvir, nos respeitar, levar uma vida mais saudável, humana e significativa. Mais importante ainda, é entender que de perto ninguém é perfeito, linear ou normal… Se é que normal existe, né?!

Se um dia se sentir perdido, saiba que as melhores pessoas já se sentiram assim! no fundo do poço tem mola, e de lá, não há mais por onde afundar… Com Fé e ação, a subida é certa!!!

Que 2017 seja um ano de mergulhos profundos, em nossa própria existência, e na existência de Deus em nossas vidas!

Bjo bjo bjo no coração.



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

REFLEXÕES SOBRE O MÊS DE MAIO

5 de maio de 2016

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

 

Reflexões sobre o Mês de Maio, na visão de uma taurina, otimista e teimosa, como todo bom taurino há de ser. MAIO, MAY em inglês, por coincidência meu mês de nascimento e meu apelido em algumas rodas! Esse maio começou estranho, com alguns percalços… Atropelado por mudanças de rotina, impostas pela vida… Eu ainda não curti meu mês, ele tem me exigido força e resiliência… Eu queria relaxar, mas ele não deixa! Enfim, mesmo sem grandes festas, estou feliz! Estou viva, andando, tropeçando, levantando, pensando… Eu podia estar no piloto automático, procurando sentido na cartela de cores de algum look, mas ainda bem, meu sangue corre quente na veia, corre me dizendo que o que não mata, fortalece! Então vem maio, vem com suas curvas, suas ladeiras, sua neblina… Vem com sua luz, suas subidas, suas surpresas! Vem me trazer mais um ciclo nessa breve vida, que a gente sempre quer mais… Ou deveria querer! Maio vou lhe conceder minha dedicação, para que seja memorável, para que eu possa lançar meus sonhos ao vento, para que sejam impulsionados pelo sopro de Deus! Vamos longe, nosso impulso é sólido, onipresente, potente!
Que as dores sejam ensinamentos, que as batalhas sejam treinos, que a força seja inesgotável, e a teimosia seja fonte de energia. Porque a medida que crescemos, vamos percebendo que essa vida por aqui não é moleza! Mas o sabor de vencê-la a cada dia, se torna mais apurado. Não somos o destino, mais do que tudo, nos definimos na trajetória. Cada dia, cada hora, cada minuto, nos desenham a silhueta, fazem de nós parte do mundo, e dele nos transformam o todo.
Independente de que religião escolhemos, de que catecismos nos regem a cartilha, a cada dia mais devemos seguir perto da luz! A leveza da alma, nos impulsiona, e nos torna peça fundamental do jogo da vida.
 
Acredite que o melhor está por vir, agradeça, mentalize, aja!
 
Bjo bjo bjo!


VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

INSTAGRAM

@MAYSALEAO