PARIS: (QUASE) TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER!

7 de agosto de 2017

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Tudo o que você precisa saber sobre Paris, ou “quase” tudo, até porque, mesmo voltando sempre, a gente acaba descobrindo que é preciso uma vida em Paris, para desvendar todos os seus mistérios! Esse post foi elaborado com todo amor, por uma apaixonada pela cidade luz, com instruções que farão com que você aproveite melhor, cada segundo da sua viagem.

Então vamos lá, se você está indo à Paris pela primeira vez, ou quer entender melhor os principais pontos encantadores da cidade, este post é para você! Paris e seus encantos, por arrondissement. E se você não tem noção do que são os tais arrondissements, podemos dizer que são regiões (pequenos bairros), que organizam a cidade em um grande caracol, que inicia no “centro” às margens do Rio Sena, e vai girando até as regiões mais periféricas.

Se você estiver em busca de um bom lugar para se hospedar em Paris, meus arrodissements favoritos, no quesito: segurança, proximidade de pontos turísticos, praticidade e beleza, são (em ordem de preferência): 1, 4, 8, 7, 9, 6, 5, 3, 2! Difícil errar, se hospedando nessas regiões. Se quiser alugar um apartamento em Paris, eu já aluguei 2 vezes nessa empresa (aqui) e foram experiências maravilhosas. Para escolher um bom hotel, eu dei dicas (aqui).  É claro que também existem ótimos lugares, em outros arrondissements, mais intimistas, menos explorados por turístas, como o 13º, porém, como é certo que você não alugará um carro em Paris (impossível estacionar, e o trânsito muitas vezes é caótico) fica mais fácil, se hospedar em lugares mais próximos dos principais pontos da cidade. Uma boa forma de se situar, é sempre tentar ficar o mais próximo do Rio Sena e do centro do “caracol”, além de lembrar que quanto mais perto de estações de Metrô, melhor será a sua locomoção.

Para saber em que região você está, basta olhar no topo das placas de rua, que o arrodissement correspondente geralmente estará marcado na placa.  Então vamos lá? Desvendar Paris!

1º ARRONDISSEMENT: Este é o famoso arrondissement do Museu do Louvre, que concentra uma boa amostra dos pontos turísticos mais famosos da cidade, como o Palais Royal, o Jardin des Tuileries, a Place Vendome, a Pont Neuf, a Pont des Arts (aquela dos cadiados), muitas lojas bacanas, como a famosa Colette, o chiquérrimo Hotel Hitz, uma bela vista do Sena, e lojinhas de souvenir.

  • Musée du Louvre (Museu do Louvre)
  • Palais Royal (antiga sede do poder real)
  • Jardin des Tuileries (lindooo, fica em frente ao Louvre)
  • Galerias Jeu de Paume-Nacional (anexo ao Jardin de Tuileries)
  • Musée de l’Orangerie
  • La Comédie Française (Teatro Francês muito conhecido por ter sido o lugar que Moliere, conhecido como o “Pai da comedia francesa” apresentava as suas peças)
  • Place Vendôme
  • Forum les Halles
  • Eglise Saint-Eustache
  • Capela de Sainte-Chapelle (Localizada na Ile de la Cité, no meio do Rio Sena)
  • Pont Neuf  (apesar do nome, que significa Ponte Nova, trata-se da ponte mais antiga de Paris)

Pont des Arts (a famosa Ponte dos namorados, onde turistas e locais prendem cadeados com os nomes do casal, simbolizando amor eterno. De tempos em tempos, a prefeitura da cidade, retira os cadeados, porque o peso pode ameaçar a estrutura da ponte, mas logo eles tomam conta do local, novamente!) Ela liga o Institut de France à Praça central do Palais du Louvre.

Museu do Louvre

Jardim do Palais Royal

Jardin des Tuilerie

Galerie Jeu de Paume Nacional

Musée de L’orangerie

La Comédie Française

Place Vendome

Forum Les Halles

Eglise Saint Eustache

Capela de Saint Chapelle

Pont Neuf

Pont des Arts

2º ARRONDISSEMENT: É um dos menos conhecidos da cidade, por ter poucos pontos turísticos famosos, porém é vizinho do 1º que abriga o Louvre e do 8º, que abriga a badalada Avenida Champs Elysée. É neste arrodissement que você tem a oportunidade de se sentir parisiense, passeando pela animada Rue Montorgueil, lotada de bares e restaurantes frequentados por locais, onde também fica a Rue Montmartre (que não tem nada a ver com o bairro Montmartre), que abriga um dos meus restaurantes favoritos na cidade, o Presto Fresco. É nesse arrondissement que está localizada a Bolsa de Valores de Paris, e a interessante Passage des Panoramas.

  • A Rue Montorgueil 
  • Galerie Vivienne (Situada no 2º arrondissement, entre o Palais Royal e a antiga bolsa de valores)
  • Bolsa de Paris- sede histórica
  • Bibliothèque Nationale de France (Biblioteca Nacional de França – sítio histórico)
  • Passage des Panoramas
  • Le Grand Rex (cinema histórico, clube e sala de concertos)

Rue Montergueil

Galerie Vivienne

Bolsa de Paris – Sede Histórica

Biblioteca Nacional da França

Le Grand Rex

3º ARRONDISSEMENT: Fica perto do coração da cidade e tem um misto de ruas tranquilas com outras muito movimentadas. Um pedaço mais quieto do boêmio Marais (fala-se Marré), que é lotado de pessoas nas ruas, artistas, bares, e lojas interessantes.

  • O Bairro Marais (também parte do distrito 4)
  • Museu Carnavalet
  • Museu Picasso 
  • Musée des Arts et Métiers (conhecido como o museu do ofício, tem um acervo muito interessante)
  • Museu dos Arquivos Nacionais – Hotel de Soubise (mansão da era renascentista)
  • Musée de la Poupée (Museu dos Bonecas em Paris)

Museu Carnavalet

Museu Picasso

Musée des Arts et Metiers

Hotel de Soubise

 

Musée de la Poupé – Museu de Bonecas

4º ARRONDISSEMENT: Esse arrondissement é muito conhecido pelos turistas, nele está inserida a parte movimentada do Bairro Marais, um local que tem muitas lojas de estilistas independentes, cafés, artistas, designers, estudantes. Abriga muitos pontos conhecidos da cidade, inclusive a Catedral de Notre Dame.

  • Centro Georges Pompidou e o Museu Nacional de Arte Moderna (ou Beaubourg como eles gostam de chamar)
  • O bairro de Marais
  • Place des Vosges
  • Hotel de Ville (Câmara Municipal de Paris)
  • Place de la Bastille (compartilhada por arrondissements 4, 11 e 12)
  • A Ile de la Cité (Ilha natural sobre o Sena)
  • Catedral de Notre Dame
  • Livreiros do Rio Sena

Centro Georges Pompidou

Região do Marais

Place des Voges

Hotel de Ville

Place de la Bastille

Ile de la Cite

Catedral de Notre Dame

Livreiros do Sena ou Buquinistas

5º ARRONDISSEMENT: O berço dos intelectuais, consagrado pela universidade Sorbone, pelos cafés lotados de estudantes, com preço-amigo, também encanta com o Jardin des Plantes (leia-se Jardim Botânico) e o Pantheon. Também é conhecido como o bairro latino de Paris, faz parte do famoso Quartier Latin, que engloba o 5º e o 6º arrondissements!

  • A Universidade Sorbonne
  • Panthéon
  • Place Saint-Michel
  • Jardin des Plantes
  • Grande Galeria – Museu de História Natural
  • La Grande Mesquita de Paris (Mesquita, salão de chá e hammam)
  • Institut du Monde Arabe

Universidade Sorbonne

Pantheon Paris

Place Saint Michel

Jardin des plantes

Grande Galeria da Evolução

A Grande Mesquita de Paris

Institute du Monde Arabe

6º ARRONDISSEMENT: O sexto arrondissement foi muito frequentado por escritores e artistas famosos da capital francesa. Hoje é um luxuoso centro de boutiques de Designers hypados, lojas de móveis antigos e vendedores de objetos de arte, flores e afins. Abriga um dos meus restaurantes favoritos em Paris, o Les Deux Magots, aliás, para ser honesta com vocês, devo ter um restaurante favorito por arrondissement… Coisas de taurina!!!

  • Jardim de Luxemburgo (um dos meus favoritos)
  • Igreja de Saint-Sulpice (ficou famosa no filme/livro, O Código Da Vince)
  • Saint-Germain des Prés, bairro (e abadia histórica)
  • Café Les Deux Magots e Café de Flore ( antigo ponto de encontro de artistas e escritores)
  • Le Procope (o mais antigo café de Paris)
  • Hotel Lutetia (histórico hotel famoso)

Jardim de Luxemburgo

Igreja Saint Sulpice

Saint Germain des Prés

7º ARRONDISSEMENT: Um dos mais famosos e turísticos da Cidade Luz, onde fica a Torre Eiffel, símbolo maior da cidade. Por aqui tudo é mais caro, incluindo hotéis, restaurantes, lojas… Mas é claro que vale muito a visita. É o ponto de saída de grande parte dos passeios de barco, e local onde está o meu museu favorito em Paris, que pasmem, não é o Louvre, e sim o Museu d’Orsay, casa dos Impressionistas.

  • Torre Eiffel e Champ de Mars
  • Trocadero (vista mais bonita da Torre Eiffel)
  • Musée d’Orsay (um dos mais interessantes, na minha opinião)
  • Museu Rodin
  • École Militaire
  • Hôtel des Invalides (não é um hotel , mas um complexo de ex-militares, e local onde esta enterrado Napoleão I)
  • Museu de Quai Branly ( museu de artes indígenas)
  • Le Bon Marché (loja de departamentos muito tradicional de Paris)

Torre Eiffel e Campo de Marte

Trocadero

Museu Dorsay

Museu Rodin

Escola Militar

Hotel dos Invalidos

Museu do Quai Branly

Le Bon Marche

Escadas Le Bon Marche

8º ARRONDISSEMENT: Uma das minhas regiões favoritas, local que abriga a avenida mais famosa da cidade, a Champs Elysées com seus cafés repletos de mesas e cadeiras de frente para o asfalto. Ninguém tem coragem de sentar de costas para o movimento, um charme só! As principais lojas de Paris estão ali, inclusive a maior Louis Vuitton do mundo. O Arco do Triumfo é seu símbolo mais encantador! Meu primeiro contato com Paris foi em 2008, quando me hospedei com 4 amigas, no n78 da Champs Elysée, em um loft lindo, que tornou a experiência ainda mais incrível.

  • Arco do Triunfo
  • Avenue des Champs-Elysées (e zona em torno)
  • Lido (um Show de autêntico cabaré Parisiense que fica na Champs Elysées)
  • Grand Palais
  • Petit Palais
  • The Crazy Horse (O Cabaret mais ousado da cidade, frequentemente estrelado por Dita von Teese)
  • Hotel de Crillon (um dos mais antigos hotéis de luxo em Paris)
  • Museu Jacquemart-André
  • Parc Monceau

Arco do Triunfo

grand Palais

Grand Palais

Petit Palais

Crazy Horse

Hotel de Crillon

Museu Jacquemart André

Museu Jacquemart André

Parc Monceau

Parc Monceau

9º ARRONDISSEMENT: Trata-se de um espaço imponente conhecido por suas lojas Belle Époque, galerias elegantes, teatros famosos, a clássica loja conceito da marca Repetto e ruas residenciais. Eu tive a oportunidade de assistir a uma ópera na Garnier, e jamais esquecerei a experiência! Se você ama compras, vai pirar na Lafayette e na Printemps. Ande com calma pelas ruas do 9º arrondissement, descubra lojinhas incríveis, e marcas consagradas da Cidade de la Mode.

  • Opera Garnier (Ópera Historica de Paris)
  • Galeries Lafayette
  • Printemps
  • Museu Grevin (Museu de Cera)
  • Olympia Theater e Concert Hall (famoso pelas performances históricas de Edith Piaf e outros)
  • Fragonard Musée du Parfum (Museu do Perfume)
  • Grands Boulevards (Bairro)

Opera Garnier

Opera Garnier – Palais Garnier

Galeria Lafayette

Galeries Lafayette parte interna

Galeria Printemps

Rooftop da Printemps

Museu de Cera de Paris

Museu Grevin

Olympia Theater Paris

Interior do Olympia Theater

Fragonard Museu do Perfume

Museu do Perfume

Passangens Cobertas – Galerias do Bairro Grand Boulevards

10º ARRONDISSEMENT: Este arrondissement é pouco conhecido pelos turistas, mas abriga tesouros escondidos, como o bairro do canal Saint Martin. Local que abriga a Rue Sainte Marthe, e a Praça de mesmo nome, que estão repletas de pequenas lojas, bistrôs e cafés de uma calma Paris, preservada escondida como um tesouro, ao longo dos anos. Este arrondissement está perto do centro da cidade, e atrai cada vez mais jovens profissionais, artistas, e amantes de uma atmosfera mais intimista. Além de tudo, é o ponto de partida para vários lugares da Europa, com as estações Gare de L’est e Gare du Nord.

  • Canal do bairro Saint-Martin
  • Place Sainte-Marthe
  • New Morning (famoso clube de jazz de Paris)
  • Gare de l’Est e
  • Gare du Nord

Canal de Saint Martin Paris

Passeio de Barco no Canal Saint Martin

Rua Sainte Marthe

Place Sainte Marthe

New Morning Jazz Club

Gare de l’est

Gare du Nord

Do 11º ao 20º arrondissement, teremos um novo post, afinal, eu não queria “torturar” vocês com uma leitura infinita, embora quando vamos viajar, informações diretas sobre o local onde vamos, sempre são bem vindas, né? Então semana que vem acontece o segundo post da série: Tudo o que você precisa saber sobre Paris! Fiquem ligadinho aqui, e perdoem a demora entre um post e outro, neste segundo semestre serei bem mais assídua, porque tem muito material bacana para dividir com vocês.

Para quem não é acostumado a montar os próprios pacotes de viagem, é sempre bom ter um agente de viagens de referência para ligar na hora do sufoco, por isso, eu sempre pesquiso nos sites, fecho sim algumas coisas por conta própria, mas tudo o que é mais complexo, eu ligo na  CVC , e prefiro fechar com eles, além do mais,  a Gelza, proprietária da loja da Av. Couto Magalhães,911, Várzea-Grande, é super viajada, sempre tem as melhores dicas, e atende por whatsapp, pessoas do Brasil todo! É só chamar (65) 99235-0410, 99285-7584, 99235-3601, ou 99229-5966.

Gostaram do post, lembrem-se de deixar o like no coraçãozinho ao lado (não precisa inserir e-mail, é só clicar), comentem, perguntem, recomendem aos amigos! A blogueira agradece de coração.

Bjo bjo bjo!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

Top 10 Filmes em Paris

29 de janeiro de 2017

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

É claro que eu tenho uma lista de top 10 filmes em Paris! Como uma apaixonada por filmes, e pela cidade luz, essa lista não foi difícil de preencher. Adoro mergulhar no universo das cidades que vou visitar, além de pesquisar os pontos turísticos, restaurantes imperdíveis, lugares típicos, eu amo ler diferentes livros sobre a cidade, e claro, assistir filmes.

Com um bom enredo, uma trilha sonora envolvente, e perspectivas muito diferentes, é fácil se apaixonar por Paris! Espero que vocês curtam a minha lista, que vai de Meia Noite em Paris à Ratatouille, agradando diferentes “paladares”!

(1) Meia Noite em Paris: 

Um filme de Wood Allen, lançado em 2011, com Owen Wilson, Marion Cotillard e Rachel McAdams no elenco principal. Gil Pender é um jovem escritor que vai à Paris com sua noiva. Durante suas noites na cidade, ele estranhamente vai ao passado, encontrando grandes nomes da literatura, vivendo uma Paris de sonho, que o leva a questionar sua vida no tempo presente. Já assisti o filme inúmeras vezes, e sempre me apaixono pelo enredo.

(2) Um Lugar na Platéia: 

Jéssica é uma jovem do interior da França, que sonha em trabalhar no hotel Ritz em Paris. Porém o sonho, estimulado por sua avó, que adorava o luxo, acabou não se tornando realidade. A jovem acabou arrumando um emprego em um café da Avenue Montaigne. Perto de um teatro, de uma sala de concertos e uma casa de leilões, Jéssica acaba fazendo amizade com uma famosa atriz, um pianista, e um triste colecionador de artes, prestes à vender seus quadros. O filme é envolvente, e revela um outro lado da cidade luz, que exala arte e cultura. Ano: 2006, direção: Daniéle Thompson, elenco principal: Cecile de France, Valerie Lemercier, Albert Dupontel, Christopher Thompson e Claude Brasseur.

(3) Coco Antes de Chanel:

Um filme de Anne Fontaine, lançado em 2009, com Audrey Tatou interpretando mademoiselle Chanel, quando ainda era Coco, uma menina pobre, que cantava para sobreviver, e que ao tornar-se amante de um milionário, teve a oportunidade de conviver com os ricos franceses, do fim da década de 20. Coco, não se entusiasmava com a moda da época, passando a criar suas próprias roupas, adaptando o guarda-roupa do amante, para seu uso. Elegante por natureza, ela reinventou a moda, e ao chegar em Paris, deu início a um império, inquestionável até os dias de hoje.

(4) Moulin Rouge: 

Um história que se passa no famoso cabaré de Paris, que é palco de shows, e da paixão intensa do inocente e sonhador poeta Christian, por Satin. Trata-se de um musical, com Nicole Kidman interpretando a bailarina principal do Moulin Rouge, uma casa de shows inaugurada em 1889, que até hoje funciona na cidade luz. Colorido e intenso, o enredo tem sexo, drogas, farra, e sedução… Elementos muito presentes naquela região aos pés de Montmartre. Lançado em 2001, com direção de Baz Lhurmann

(5) A Invenção de Hugo Cabret: 

O apaixonante filme do diretor Martin Scorsese, (lançado em 2011) narra a história do menino Hugo, que escapa do orfanato, morando em uma estação de trem de Paris, onde cuida do relógio da estação, enquanto tenta colocar para funcionar uma estranha máquina, que herdou do falecido pai. O filme que se passa na década de 30, nos leva de forma lúdica, a pensar em quem somos, e a que viemos! Muuuito lindo, vale ser assistido várias vezes! No elenco principal: Asa Butterfield, Chloe Grace Moretz, Sacha Baron Cohen, Ben Kingsley, e Jude Law.

(6) Piaf, um Hino ao Amor: 

A história da cantora francesa Edith Piaf, nascida pobre na Normandia, abandonada pela mãe, criada pela avó em um bordel, vivendo mais tarde com o pai alcoólatra, até que o abandona e vai viver em Paris. Edith sonhava ser famosa, e mesmo com todo o sofrimento que sempre permeou sua existência, é descoberta nas ruas de Paris, ganhando fama, dinheiro, notoriedade… As músicas de Piaf, são um grande marco da cultura francesa, e sua dramática vida, é apresentada neste filme, que nos leva à uma viagem na Paris das décadas de 30 à 60! Lançado em 2007, com direção de Olivier Darlan, elenco principal: Marion Cotillard, Jean Pierre Martin e Gerard depardieu.

(7) Ratatouille: 

É tão lindo o filme (animação) que narra a história do ratinho Remy e seu novo amigo Alfredo Linguini. O ratinho, que sonhava em ser um chef de cozinha, acabava sendo sempre expulso delas, por razões óbvias (ratos e cozinhas, não costumam ser bem associados). Um dia, o ratinho, que vive em Paris, vai para na cozinha do tradicional restaurante do chef Auguste Gusteau, onde em parceria com o atrapalhado ajudante de cozinha, Alfredo Linguini, Remy começa a fazer pratos, tornando o restaurante disputadíssimo, pelo delicioso, ratatouille de legumes. Muito divertido, uma animação para quem ama Paris, e Gastronomia. Lançado em 2007, com direção de Brad Bird e Jan Pinkava.

(8) Julie & Julia: 

Já que falamos de comida e Paris, lembrei na hora deste filme encantador, que narra a história de Julia, que se apaixona pelas receitas da norte americana, radicada em Paris, Julie Child. No fim da década de 40, Julie muda-se para Paris, onde resolve aprender culinária, recriando receitas francesas, que acabam transformando-se em um livro, e programa de TV. Julia, está prestes à completar 30 anos, frustrada com a própria vida, resolve lançar ao desafio de cozinhar as 524 receitas de Julia, durante um ano, e narrar sua experiência, em um blog. Literalmente delicioso de assistir, esse filme nos faz mergulhar na gastronomia francesa. Lançado em 2009, com direção de Nora Ephron, com elenco principal: Merryl Streep e Amy Adams.

(9) Antes do Por do Sol:

O filme Antes do Por do Sol (lançado em 2004), é uma continuação do filme Antes do Sol nascer (de 1995), que narra a história de Jesse e Celine, que se encontraram em um trem que ia de Budapeste à Viena, passando um dia mágico juntos, e se separando no dia seguinte. Em Antes do Por do Sol, eles se reencontram 9 anos depois, em Paris, onde Jesse, que se tornou escritor, está lançando seu livro. Neste encontro, que em grande parte se passa à beira do Rio Sena, eles narram o que aconteceu em suas vidas, e nos apresentam uma romântica Paris. Direção de Richard Linklater, elenco principal: Ethan Hawke e July Delpy.

(10) O Fabuloso Destino de Amelie Poulain:

Amelie é uma moça francesa que vivia no subúrbio, e ao se mudar para a região de Montmartre em Paris, encontra uma caixinha misteriosa,  no apartamento alugado. Ela resolve procurar o antigo morador do apartamento para entregar a caixa, e quando o encontra, fica extasiada com a extrema alegria ao reencontrar o objeto perdido. Desde esse dia, Amelie decide que vai ajudar as pessoas, mudando a própria vida. Simples, de uma fotografia incrível, esse filme do diretor Jean Pierre Jeunet, com Audrey Tatou no elenco principal, encanta pelo figurino, fotografia, e trilha sonora.

Mergulhem na magia do cinema e da cidade luz! Para acessar outros post sobres Paris, cliquem (aqui). Lembrem-se de comentar, especialmente se conhecerem outros filmes que valem à pena, e deixem seu like no coração do canto direito do post, ele é muito importante para mim!

Bjo bjo bjo e uma linda semana! 



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

OS CABARÉS DE PARIS

21 de agosto de 2016

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Um dos meus grandes encantamentos em Paris, são os cabarés!  Me lembro dos filmes, que mostravam aquele glamour de plumas, champagne, e dançarinas de Can Can, com suas saias coloridas. Quando fui pela primeira vez à cidade, eu pensei logo no Moulin Rouge, afinal era o nome que eu sempre ouvi falar, mas meu pai me indicou o show do Lido. Como eu e minhas amigas estávamos hospedadas na Champs Elysée, decidimos ir ao Lido, que também se localiza na Avenida mais famosa do mundo. Eu achei tão artístico, tão parisiense, tão próximo dos meus sonhos em conhecer essa cidade, sua cultura, suas peculiaridades, que caí de amores por essa tradição francesa. É difícil decidir qual cabaré conhecer: Le Lido, Moulin Rouge, Crazy Horse ou Paradis Latin? É complicado, porque apesar de se tratar do mesmo tema, cada um tem a sua tradição, e a sua particularidade.

1) MOULIN ROUGE – O mais francês de todos!

Todos irão te perguntar se você foi ao Moulin Rouge… Aquela casa de shows famosa, que tem o moinho na porta. O mais tradicional, com certeza! Para os franceses, uma referência pura de seu autêntico cabaret. Só vale o cuidado pós show, porque a região não anda muito segura. Não fique de bobeira, o 18º Arrondissement já não é tão tranquilo quanto as áreas mais turísticas da cidade.

Moulin Rouge, 82 Boulevard de Clichy, 75018. Metrô linha 2, estação Blanche.

2) LE LIDO – O mais Las Vegas Feelings!

Esse Cabaré está localizado no 8º arrondissement, o fervo de Paris. A algumas quadras do Arco do Triunfo, em uma região que sempre terá zilhões de pessoas caminhando para lá e para cá. O Show é Cabaret com pitadas de Las Vegas! O palco vira escada, depois vira um buraco gigantesco, então chove, seca, desce gente do teto… Uma loucura! Hahaha!

Lido, 116 Av. des Champs-Élysées, 75008. Metrô linha 1, estação Georges V.

3) CRAZY HORSE – O mais Sensual!

O mais sensual, com mais efeitos de luz, cenário, e pouca roupa! Esse cabaret tem aquele apelo mais streap tease, não raro é estrelado por pin ups famosas como Dita Von Teese. É considerado o mais bonito de todos, porém é o menos “Can Can”de Paris. Está localizado no badalado 8º arrondissement, a mesma região do Lido.

Crazy Horse, 12 Avenue George V, 75008. Metrô linha 9, estação Alma-Marceau.

4) PARADIS LATIN – O BBB (Bom, Bonito e mais Barato) da turma!

O que tem o preço mais amigo, um Show com uma pegada Paris antiga, que mistura Can Can, e atos de Circo, com malabares, e outras atrações. A comida é deliciosa, então vale à pena escolher o pacote com jantar. Não tem os famosos dançarinos do Lido, nem a magia pirotécnica do Crazy Horse, muito menos a fama do Moulin Rouge, mas ainda assim, é uma ótima opção para quem já conhece os outros, ou deseja fazer um programa bem francês. Ele está localizado no 5º arrondissement, o mesmo da Sorbonne, conhecido como parte do Quartier Latin, região da boemia intelectual parisiense.

Paradis Latin, 28 Rue du Cardinal Lemoine, 75005. Metrô linha 10, estação Cardinal Lemoine.

Os 4 cabarés possuem opções de Show + Jantar, Show + 1/2 garrafa de Champagne ou Apenas Show. Para se ter uma noção, o ingresso mais barato no Moulin Rouge custa cerca de 105 Euros, passando pelos 190 Euros com jantar, ou 450 Euros com jantar + localização VIP. Isso, por pessoa! Uh lalá! No Lido os ingressos começam na casa dos 160 Euros, e vão até 300 Euros. No Crazy Horse variam de 105 Euros à 245 Euros, e no Paradis de 90 Euros à 190!

É um investimento alto, eu não pagaria os 450 Euros por pessoa no VIP VIP VIP do Moulin Rouge, porque teria planos bem mais interessantes na cidade luz, com esse dindin. Porém acredito que ir à Paris, e não assistir a algum show de cabaret, é conhecer a cidade pela metade.

Espero que vocês tenham gostado do Post, clicando nos nomes dos cabarés. Eu comprei meus ingressos através da CVC Viagens aqui de Cuiabrasa, quem sempre me atende por lá é a Laura, e a loja está localizada na Av. Isaac Póvoas, 850, Fone: (65) 3313-1000. 

Cuidado com sites desconhecidos, e ingressos vendidos nas ruas! Infelizmente existe muita fraude, e oportunistas loucos para enganar turistas.

Bjo bjo bjo!



VOCÊ PODERÁ GOSTAR…

INSTAGRAM

@MAYSALEAO